APJ
19/04/16 10:41 - Taubaté

Em Taubaté, professora é agredida por causa da cor do carro durante manifestação

Daniela Santos

Uma professora universitária foi vítima de violência na noite de ontem por conta de estar em um carro vermelho, em Taubaté. Rachel Duarte disse que estava em frente a sua casa, indo ao supermercado, quando um homem enrolado em uma bandeira do Brasil jogou uma pedra na direção de seu braço. Em uma rede social, a vítima desabafou:

“Chorei. Não pela dor do machucado, mas de tristeza, e agradeci porque foi ‘só’ um machucado no braço”, desabafou.

A vítima ainda comentou sobre o medo que tem de sair de casa com seu carro vermelho.

“Minha liberdade está sendo cercada. Isso é inadmissível. Confesso que estou com medo dos rumos”, finalizou.

Contexto Paulista